segunda-feira, julho 30, 2007

Declare independence and make your own flag!


Seus trinta e três anos se afogam na água da bacia onde mergulha a cabeça toda manhã. Água gelada como o orvalho. Ali foge do mundo da casa, da família.

Seus trinta e três anos acumulam na barriga quando assiste o jogo na tv 29 polegadas. Ninguém toca no celular. O cheiro de carne moída da cozinha. O chinelo arrastando casa afora. Rosca de leite com café quente. Idas no supermercado e feira.

Seus cabelos ralos de trinta e três anos descem ralo abaixo. Banho demorado. Sabonete branco. Creme de barbear e leite de rosas. O mesmo pentiado.

Seu suor é de trinta e três anos. O futebol cada vez mais exigente. Colegas mais novos. Bolas mais novas. Gramado artificial. Sem torcida. Carro sem carona.

Viver com os pais é xadrez e chinelos. Sofas antigos. Quadros velhos. O de sempre em trinta e três anos.

Volta declare independence Björk

4 comentários:

' Jaya . disse...

Aaaaai, tô babando de vontade de ver. Tá anotado aqui na minha lista. Diminui muito dela nessas férias. Mas vai ficar no topo da lista.

Também quero poder escolher sobre minha velhice...

Um beijo, Mariana.

' Jaya . disse...

Opa, esse comentário era pra ter sido no post acima, viu? Rs.

Carlos Howes disse...

A idade é uma coisa tão cruel às vezes, mas tão serena de vez em quando também..

Albini disse...

Bacana, gostei!!!
Abraços,