quinta-feira, maio 07, 2009

Entrei na dança coletiva


No último dia 18 entrei para um dos coletivos mais atuantes na cena independente de BH e região, o Fórceps. Sim, é mesmo o nome. A princípio estranhamos, principalmente as mulheres, mas não há nada de ruim no lance.

Como está no próprio site do coletivo, "O Instituto Cultural Fórceps é um instrumento de valorização da produção cultural realizada de forma independente". Com o objetivo de promover o desenvolvimento da cena cultural independente, "fazer com que a população tenha acesso à produção cultural realizada fora dos grandes centros e que as pessoas envolvidas nessa cadeia produtiva se aproximem, troquem experiências visando a evolução coletiva e consigam obter renda com seus trabalhos, além de se inserirem no circuito cultural nacional."

Assim, entrei pra dança de mala e cuia. Eu e a Fofoca Erudita, meu projeto musical. Faço parte do núcleo de comunicação do coletivo, atualizando sempre que possível o blog. E logo logo teremos mais fofoca no ar... rs.

Entre as ações do coletivo, está o Festival Escambo, o Cinebrasa, a realização de várias festas, com show de bandas parceiras, e ações de fomento à cena independente.

Para conhecer mais o Fórceps, acompanhe o blog.

5 comentários:

Amanda Bia disse...

acho muito legais essas iniciativas para apoiar o cenário independente. tem tanta coisa boa que a gente nem fica sabendo às vezes!
ja to indo la ver o blog!
beijo!

Roginho disse...

Tem muita gente bacana nessa dança.
Qualquer coisa, arruma cortesia e sorteia no blog! WOW!

william disse...

Oi,Mari!
A experiência gerada pelo conceito de fórceps vem sempre acompanhada de muita dor ou esforço fora do comum. Com isso, conseguir um lugar ao sol no acirradíssimo mercado cultural; só fazendo muita força, tem que suar muito.
Beijos...

Jaya disse...

Você tem recebido meus torpedos?

¬¬

Anônimo disse...

Genial brief and this post helped me alot in my college assignement. Say thank you you as your information.