sábado, outubro 13, 2007

coisas ultimas

Coloquei um cd inteiro de samba pra num deixar-me o tom depressivo. 'Samba Meu' da Maria Rita, ainda muito fresco pra se comentar. Pensei em ouvir algo mais descompassado, mas o redondo deixa as idéias no lugar, não de disconcentra.



Ante-ontem ví um filme que a primeiro momento me deixou um pouco indiferente, mas que depois, conversando sobre, ví o tamanho de seu complexo entendimento necessário. Histórias de amor, de amor de verdade que até o mais rude se encantaria. E se encanta talvez mais pela situação em que os personagens se encontram no enredo.


Bubble descreve a bolha amorosa e nada política em que três amigos israelitas vivem em Tel Aviv. Entre festas, bares, amores e desamores Noam, Yali e Lulu vivem sem se preocupar com toda situação política em que seu país passa e todos os problemas da fronteira. Mas enquanto Noam serve em um dos postos de controle conhece num incidente o palestino Ashraf, por quem se apaixona e começa a viver um lindo amor. Entretanto este relacionamento é abalado quando Ashraf, ilegal em Israel, começa a enfrentar problemas com a fronteira e a família.

Um jogo de sensibilidade. Descreveria assim o filme. Para acabar com algum preconceito ou concientizar-se pelos limites daquelas terras. Muito bonito, muito fundo. Só não conto mais da história por que acho que seria bom assitir e não ler sobre... rs.


BUBBLE - Um filme de Eytan Fox, França/Israel, 2006, 117'

--

Assisti a esse filme no festival de cinema independente INDIE, que acontece todos os anos em BH. Muito bem organizado e com grandes títulos, infelizmente apenas deu para ver um. Mas fica a dica pra quem anda por aqui.

4 comentários:

Amanda_Bia disse...

anotarei a indicação! depois da indicação do cd novo do silverchair que eu simplesmente amei, vou tentar seguir todas as outras que vc passar!
beijos!

Carlos Howes disse...

Eu já tinha lido sobre o filme antes, e agora fiquei com mais vontade ainda de assistí-lo.

Ah, e depois que estiver menos "fresco", me diga o que você achou deste novo cd da Maria Rita. ;)

maria renata disse...

adorei o tema do filme, preciso ver mais coisas independentes, definitivamente!

eu ainda não ouvi o da maria rita, não sei se vc curte/conhece a orquestra imperial, mas eu sou mais que suspeita pra falar deles, sambas, gafieiras, boleros e amarantices das boas!

juli disse...

Miri, lembra que eu falei que já tinha visto um filme com os mesmos atores? Então o nome do filme é "Declicada Relação" e é só o "noam que participa.

Juli