sábado, dezembro 27, 2008

questões de pequeno ou grande porte

Estou achando isso tudo um pouco muito chato... ou triste. E na verdade nem sei se alguém vem até aqui e lê alguma coisa de fato... (?)

Nos últimos meses investi muito em tornar esse espaço numa coisa respeitável, mas acho que não tive muito êxito. De que adianta se ninguém vem até aqui? Aliás, até cadastrei naqueles sites que abrigam milhões de blogs, mas minha paciência é restrita no que diz respeito a explorar esses serviços.

Também ando me sentindo um tanto triste e impaciente comigo mesma. Tenho muitas coisas a serem feitas mas não tenho saco para fazê-las. Acho que sempre fico meio assim no final do ano. É como se num tivesse jeito de melhorar as coisas que fiz durante o ano, por que ele simplesmente está acabando.

E também tem essas festas e todas as pessoas gastando todas suas economias para presentear outras que nem se sabe se vão valorizar o presente. Aff... Tem também os compromissos de família. Obrigatórios...

Tem as festas que você ouve de longe e que sempre parecem mais animadas e mais interessantes que a sua. Isso se você estiver ou tiver um... Tem a chuva e um clima chato pra cacete.

Aí você vê um filme... fica andando de meias dentro de casa... lê um livro inteiro... Come muuuito chocolate, panetone, chocotone, pernil, lombo, peru... etc. Ou seja, você engorda! E isso é deprimente... rs... mas é gostoso, rs.

Então se lembra que se tivesse alguém realmente importante e amável, e amada e que te amasse por perto, poderia compartilhar essas sensações... ou com o furor do amor não senti-las.

Mas como estou só, não espero sentir nada além desse gosto de tédio. E já começar a marcar os compromissos para janeiro... Que, querendo ou não, promete boas coisas já de começo (mesmo que isso seja só ilusão). Veremos.

3 comentários:

Shirley disse...

Ô eu tô aqui \o/...
Rs rs.

Bom, fim de ano acredite tmb me dá depressão. É verdade que alguém pra ficar ao seu lado nesses dias de chuva ajuda, mas O TÉDIO faz pensar... E nada melhor que isso para planejar 2009. E que venha o novo ano!!!

João Rafael disse...

Não estou só....

Carlos Howes disse...

Fim-de-ano é período de transição, e períodos de transição sempre deixam nossa cabeça meio confusa. Esse fim-de-semana eu surtei e passei 10 horas mandando currículos no computador, porquê estava achando que em 2008 eu fui um fracasso na minha vida profissional. È aquela sensação que você disse, como se adiantasse resolver o ano nos últimos dias.. Bom, ao menos que comecemos o próximo mais organizado.

Então.. feliz ano novo para nós!