segunda-feira, setembro 01, 2008

Ricardo Herz

Um show inesquecível. De energia, excelência dos músicos e vibração da platéia. Um show realmente inesquecível.


Ao ver na programação o nome e foto de Ricardo Herz não pude imaginar o que me esperava na Casa de Ópera de Sabará. Os cabelos rebeldes, desgrenhados e o violino em posição podia ser somente mais um desses músicos que fazem um estilinho despojado, mas na verdade não tem nada de diferente ou bom. E creio que as outras pessoas que desconheciam o músico pensaram parecido a mim.

O show foi no Sabará Musical Edição Cordas, produzido pela Bangalô Produções e patrocinado pela Natura. No projeto é mostrada uma atração local, no caso foi de um grupo de músicos representantes da Orquestra Santa Cecília, na qual toquei durante 2 anos. Logo depois a atração principal que na grande maioria das vezes é um grande nome da música instrumental, que infelizmente nem sempre é conhecida pelo público presente.

Eis que entra ao palco os quatro músicos um pouco acanhados. Os primeiros compassos de bateria não contam o que vem pela frente. De repente tudo se transforma em pura energia e descontração, o que dá o tom da noite e contagia toda a platéia. Ao fim da primeira canção, agora sim, é possível prever o que vem pela frente.



Tom Jobim, Milton Nascimento e Pixinguinha... Todos com uma leveza e descontração irrefreáveis. Inimagináveis até que aconteçam. Lindo e espetacular. Até que toda a platéia nem se contém, bate palma junto, sorri e podia até chorar. Depois de cada música me sentia quase num estádio de futebol, era tamanha a vibração dos ouvintes, atônitos ao mesmo tempo extremamente participativos.

A palavra de ordem no fim das contas era "mais um, mais um", ou quem sabe "mais dois, mais três"?! Mas teve um único bis, rs. Tristeza minha e de mais alguns. Mas teve ótimo! rs

Na saída não pude me conter e comprei o primeiro CD do rapaz, "Violino Popular Brasileiro" . Lindo, claro.

*Fotas: M a r i a n a L i m a

3 comentários:

Carlos Howes disse...

Eu acho este um instrumento musical bem interessante! =)

João Rafael disse...

ops! Vamo pro festival de jazz em Ouro preto?

Amanda Bia disse...

fiquei curiosa! a gente acha p/ baixar, será? tentarei!
beijos!